N. Sra. Desatadora dos Nós

CAPELA NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS

Rua Batalha dos Guararapes, 210, Solo Sagrado.

Celebrações Eucarísticas: Domingo às 18h e Quinta-feira às 20h.

A Celebração Eucarística de quinta-feira é transmitida pela rádio Interativa FM 104,3 e pelo site: www.interativafm.com.br

 _______________________________________________________________

HISTÓRIA DO COMEÇO DA COMUNIDADE DE NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS

                             No início de 2005, o responsável pela Paróquia São Vicente de Paulo, Frei Francisco Aparecido Rodrigues, realizou uma reunião com os membros da comunidade, para se implementar o projeto das Santas Missões Populares com o objetivo de criar uma rede de comunidades. Para isso, propôs que se realizassem missas nas casas dos fiéis e a srª Maria Izabel dos Santos Silva ofereceu a sua residência que ficava situada na rua 1 do bairro Floresta Park. Iniciou-se dessa forma, a realização das missas  dominicais às 17h30 horas e a quantidade de pessoas participavam aumentava a cada cerimônia.

                           Surgia nesse momento, uma comunidade que necessitava de uma padroeira. Frei Francisco sugeriu então o nome de Nossa Senhora Desatadora dos Nós, contou sua história e logo a comunidade adotou a Santa como padroeira e protetora. O Frei então presenteou a comunidade com uma imagem de Nossa Senhora Desatadora dos Nós que trouxe de Belém do Pará, e que permanece até hoje na igreja.

                          Durante sete meses, as missas dominicais foram rezadas na casa de dona Izabel, mas ela precisou se afastar de São José do Rio Preto, e também a casa já estava pequena para tantos devotos.

                          O senhor Sebastião Dutra da Silva e sua esposa D. Maria José ofereceram então sua residência na rua Batalha dos Guararapes, pois lá havia um salão mais espaçoso.

No dia 30 de julho de 2005, alguns membros da comunidade arrumaram o salão e no dia 31 de julho de 2005 realizou-se, nesse espaço, a primeira missa.

                        Assim, a comunidade foi aumentando e propuseram que se rezassem as 1000 Ave – Marias todos os sábados no período da manhã. Para tanto, a comunidade foi dividida em alguns grupos que ficaram responsáveis por essa atividade. Tal atividade perdura até hoje, porém  acontece às sextas – feiras às 18h.

                      No dia 15 de todos os meses, reza-se um terço para Nossa Senhora Desatadora dos Nós.

                      Durante uma reunião da comunidade,  foi sugerido ao Frei que ao invés de rezar a missa todos os dias na Igreja de São Vicente de Paulo, que ele rezasse cada dia da semana em uma capela, idéia que foi prontamente aceita por todos. Porém, somente a comunidade da Nossa Senhora Desatadora dos Nós fez com que essa idéia vingasse,  surgindo assim a “Missa dos Nós”, realizada toda quinta feira. Deste modo, e com tantas graças sendo alcançadas por intermédio da Mãe Nossa Senhora Desatadora dos Nós, crescia cada vez mais o número de pessoas que procuravam a capela e o salão foi, novamente, ficando pequeno.

                       O senhor Sebastião ficou sabendo  que o terreno vizinho à sua casa de 1000 m 2 ,estava à venda. Houve então uma negociação, e a Diocese adquiriu o terreno para a construção da Capela.

                      Os Terços do dia 15 de cada mês deram início a Novena de Nossa Senhora Desatadora dos Nós, realizada no mês de Agosto e que teve seu início no ano de 2008 no terreno da Capela, que já tinha começado a ser construída (o altar e uma parede) no sistema de mutirão, contando com o trabalho dos membros da comunidade.

                       Depois disso, com muito empenho, fé e determinação, a capela começou a receber doações e a comunidade terminou o barracão, no qual as missas são rezadas até hoje.

                        Ao lado da igreja, um terreno foi posto a venda e a comunidade abraçou a idéia de comprá-lo, pois o espaço que tínhamos já estava pequeno para acolher tantos devotos. Esse segundo terreno foi adquirido com recursos da comunidade e com doações, demorando um ano pra ser quitado.

                          Em maio de 2011, nos despedimos do nosso querido Frei Francisco que foi transferido para outra comunidade e recebemos, para nos guiar em nossa jornada, o Padre Edvaldo Rosário Calazans.

                           Esse é um breve relato do início da comunidade de Nossa Senhora Desatadora dos Nós, carinhosamente conhecida como Capela da Desatadora, pois somos uma comunidade que, apesar dos seus tropeços continua crescendo na Fé, Esperança, Amor, Trabalho e contamos com as infinitas graças que nos são derramadas das mãos de Senhor por intermédio da interseção da Mãe Desatadora.

__________________________________________________________

Esta imagem faz parte da maquete eletrônica da futura igreja dedicada a Nossa Senhora Desatadora dos Nós.